Buscar

Programa do governo irá reformar casas em situação precária


Aprovado na Assembleia Legislativa de Sergipe na sessão remota desta quinta-feira (24), o Programa Novo Lar recebeu elogios do deputado Francisco Gualberto (PT), vice-presidente da Casa. O programa elaborado pelo Governo do Estado compreende um conjunto de ações voltadas para a requalificação de unidades habitacionais precárias de famílias de baixa renda. A finalidade do programa é resgatar a autoestima das pessoas nas comunidades mediante a recuperação dos componentes estruturais, das condições sanitárias e estéticas das suas residências. “Está claro que o governo quer ajudar as pessoas que moram e vivem de forma precária”, disse Gualberto.

“Todos nós que temos um pouco de humanismo entendemos a importância que é reformar uma casa precária. Pouca gente sabe, mas há casas na capital que não têm sanitário. Tem apenas um espaço improvisado no fundo para fazer suas necessidades. Imaginem no interior do Estado, onde muitas casas não têm sequer telhas no teto inteiro”, confirmou o deputado, que considera o projeto importante porque trata da precariedade humana, seja na alimentação, seja na moradia.

“Quero lembrar que no último censo do IBGE ficou constatado que nos últimos cinco anos cerca de 40 milhões de brasileiros passaram a freqüentar a lista daqueles que estão abaixo da linha da miséria. Ou seja, passam fome todos os dias. E nós chegamos a acabar com isso no Brasil no governo Lula”, lembrou Gualberto. “Posso não entender de outras coisas, mas de fome eu entendo. Passei muita fome. Comi caroço de jaca mole como moqueca no côco. Com 10 anos de idade cortava lenha por metro pra comprar açúcar e comer com farinha. Eu sei o que é a dor da fome e da miséria. Portanto, um programa de governo como esse pode até ter imperfeições, mas tem sensibilidade humana, demonstra preocupação com aqueles que precisam do básico, e não do luxo e do conforto”.

O Programa Novo Lar foi aprovado por unanimidade e o deputado Gualberto ainda fez sugestões para melhorar as emendas apresentadas pelo deputado Capitão Samuel, que acabaram sendo aprovadas. “É um programa importante, e todos os deputados se sentem bem em poder estar aprovando um projeto desses. Espero que ele aconteça de fato”, disse Francisco Gualberto. De acordo com o programa, em cada unidade habitacional poderão ser promovidos serviços como revestimento e pintura das áreas externa e interna, implementação e reforma das instalações sanitárias, instalação ou troca do telhado, entre outros serviços. Estima-se que cerca de 38 mil famílias serão beneficiadas com o Novo Lar.

Assessoria de Imprensa – Gilson Sousa – DRT 660/SE

2019 Todos os direitos reservados. Equipe de comunicação de Francisco Gualberto