Buscar

Gualberto repassa a presidência da Alese para Luciano Bispo





A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) voltou a ser comandada pelo deputado estadual Luciano Bispo (MDB) que retornou à presidência após um período de licença médica de 40 dias. Na manhã desta terça-feira, 15, antes do início da sessão plenária, o até então presidente em exercício, deputado Francisco Gualberto (PSD), transmitiu o cargo em solenidade que ocorreu no gabinete da presidência. Gualberto, que é vice-presidente da Alese, havia assumido a presidência da instituição no dia 04 de fevereiro, quando Luciano Bispo precisou afastar-se para uma cirurgia em São Paulo.

“Durante 40 dias tive a honra de presidir este Poder. Confesso que foi uma honraria, em função até da nossa origem, um operário, passador de fome lá no Caípe Velho (povoado de São Cristóvão). Para mim, foi gratificante viver esse momento que estará escrito na história, pois cheguei a presidir o Poder Legislativo, que é o mais representativo de uma República, por se tratar exatamente de um parlamento”, disse Gualberto. “Tive a honraria, mas confesso que não fiquei alegre em função da razão pela qual eu estava assumindo, que tratou-se de uma cirurgia que o presidente Luciano Bispo foi submetido. E por mais que a gente tivesse energia positiva e fé, a gente sabe que uma cirurgia é sempre um momento de risco”, completou o deputado.

Passado o período de licença de Luciano Bispo, o deputado Gualberto revelou que agora sim se sente alegre pela volta do presidente aos trabalhos na Casa. “Agora os dois sentimentos se juntam: a alegria e a honra”, afirmou Francisco Gualberto. “Quero dizer que nunca tive a pretensão, durante os 40 dias, de substituir Luciano. Sei que era impossível. O que procurei fazer na sua ausência foi manter princípios, lealdade e continuar defendendo a Casa, tendo os cuidados necessários que Luciano sempre teve”, afirmou, pedindo desculpas por um eventual excesso de zelo na condução dos trabalhos administrativos.

Sobre sua relação com Luciano Bispo, o deputado Gualberto foi enfático ao dizer que se trata de um dos políticos mais queridos e respeitados do Estado de Sergipe na atualidade. “Sabemos que uma tomografia computadorizada pode ver as artérias do coração, se existe obstrução, se está saudável. Isso uma máquina consegue ver. Mas não existe máquina que possa ver e medir a grandeza do coração de Luciano Bispo. Somente quem convive com ele consegue ver, pois somos as únicas espécies que podemos ter uma dimensão do que é Luciano Bispo, seu coração e suas atitudes”, exemplificou Gualberto, dizendo que é um admirador de Luciano como ser político e ser humano. “Para nós que sonhamos com o socialismo humanista, a vida deve estar acima de qualquer outra coisa que a gente faça”, garante.

Por fim, o deputado Francisco Gualberto fez inúmeros agradecimentos às pessoas presentes à solenidade. Em nome dos demais diretores da Casa, agradeceu o apoio recebido por Venâncio Fonseca e outros. Agradeceu aos integrantes da Secretaria Geral da Mesa Diretora, Cerimonial e servidores do gabinete da presidência, em nome da secretária Janine Bagues Oliveira Rodrigues. Vários deputados prestigiaram a solenidade, entre eles Luciano Pimentel, Adailton Martins, Gracinha Garcez, Maria Mendonça e Capitão Samuel.


Assessoria de Imprensa – Gilson Sousa – DRT 660/SE

Foto: Joel Luiz/ Agência Alese de Notícias




0 comentário