Buscar

Em entrevista a Batalha, Gualberto fala de seus projetos políticos


O deputado estadual Francisco Gualberto (PSD) foi entrevista na tarde desta quarta-feira, 20, pelo jornalista Carlos Batalha na Rádio Jornal FM, em Aracaju. Na pauta da conversa, diversos temas de interesse da sociedade. Entre eles, o seu ingresso no PSD, partido do governador Belivaldo Chagas e do pré-candidato ao governo do Estado, deputado federal Fábio Mitidieri.

Questionado sobre sua saída do PT, Gualberto disse que chegou o momento de construir novos projetos na política. “Dei minha contribuição em momentos muito difíceis na formação e estruturação do partido em Sergipe. Era preciso muita coragem para militar naquela época. Havia enfrentamento com a polícia, muitas mobilizações dos trabalhadores, mas cumpri meu papel, e chegou o momento de mudar. Me afasto do PT sem atacar ninguém, e nem retiro de minha vida esses momentos. Mas quero dizer que continuo no mesmo bloco que há 20 anos foi formado com a participação de Marcelo Déda, e hoje é liderado pelo governador Belivaldo, com a participação de Fábio e outros companheiros com quem eu já convivia há 20 anos”, explicou Gualberto.

Sobre sua pré-candidatura a deputado federal, Francisco Gualberto deixou claro que sua intenção é contribuir para o avanço de Sergipe nas questões sociais que beneficiam milhares de pessoas. “Tenho em mente uma nova tarefa bem definida. Poder ampliar a capacidade de intervenção a favor do povo de Sergipe e do Estado, além de lutar para eleger um governador que faça Sergipe avançar”, disse, explicando ao entrevistador e aos ouvintes do programa que uma possível atuação no Congresso Nacional será pautada pelos grandes debates nacionais, mas sem perder o foco para as questões primordiais de Sergipe.

“Estou construindo um novo momento político, e nosso perfil de atuação ao longo de todos os mandatos que exerci como parlamentar mostra que a gente tem capacidade de atuação ampla”, garante Gualberto, citando exemplos de leis criadas por ele na Assembleia Legislativa de Sergipe e que beneficiam amplamente a sociedade. Entre elas, a que dispensa cobrança de taxas para 2ª via de documentos quando o cidadão é roubado ou furtado; e a que isenta do pagamento de taxa de inscrição em concursos públicos para pessoas de famílias de baixa renda.

O deputado estadual também falou sobre a situação econômica do Brasil, cujo governo permitiu a volta da fome em muitas camadas sociais. “O país tem um grande potencial econômico, e grande poder de recursos naturais. Não tem lógica existir alguém que não tenha o que comer ainda”, garante. “O Estado precisa proteger as pessoas que precisam de proteção. E esse é o nosso perfil de atuação”.


Assessoria de Imprensa – Gilson Sousa – DRT 660/SE

0 comentário